Close

Coalizão

  • Home
  •  / 
  • Coalizão Ciência e Sociedade

Coalizão Ciência e Sociedade

A Coalizão Ciência e Sociedade é formada por cientistas de instituições de ensino e pesquisa de todas as regiões brasileiras. Você pode conferir todos <a href="https://cienciasociedade.org/sobre/">aqui</a>

A inconsequente extinção da Fundação Florestal

Neste artigo publicado originalmente pelo jornal Folha de São Paulo, quatro cientistas da Coalizão Ciência e Sociedade – Vânia Pivello, Mercedes Bustamante, Carlos Joly e Jean Paul Metzger – e os pesquisadores Rozely Ferreira dos Santos e Pedro Brancalion, motivados pelo anúncio de que o governo de São Paulo pretende extinguir a Fundação para a Leia Mais

Pelo futuro de todos nós, amazoniza-te!

A Coalizão Ciência e Sociedade soma-se à  Campanha Amazoniza-te, lançada em 27 de julho pela Comissão Episcopal para a Amazônia da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, e expressa seu apoio neste artigo da cientista Ima Célia Guimarães Vieira, pesquisadora do Museu Paraense Emílio Goeldi, assessora da REPAM-Brasil e membro da Coalizão Ciência e Sociedade. Leia Mais

O agronegócio brasileiro continua precisando do conhecimento científico

A reação de algumas entidades do agronegócio brasileiro, desprezando as contribuições científicas passadas e atuais para a eficiência e sustentabilidade da agropecuária brasileira, é contraproducente. Vale lembrar que o Brasil só é uma potência agropecuária hoje, em grande parte, devido aos avanços científicos e tecnológicos.   A produção agropecuária brasileira conta com muitos produtores eficientes, Leia Mais

Proteger a Amazônia sem Ciência: quais são as chances de sucesso?

Neste artigo produzido para o site Direto da Ciência*, os cientistas da Coalizão Ciência e Sociedade destacam fatos e declarações que evidenciam o descaso do governo federal com a ciência sobre a Amazônia. A indignação com o avanço do desmatamento e da degradação florestal na Amazônia alimentados pela política aniquiladora do Ministro Ricardo Salles que, Leia Mais

Coalizão Ciência e Sociedade contra a Medida Provisória 979

No dia 10 de junho, a sociedade brasileira foi surpreendida negativamente com a publicação da Medida Provisória (MP) 979, assinada pelo Presidente Jair Bolsonaro. A MP permite ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, nomear reitores de instituição federais de ensino durante o período da emergência de saúde pública decorrente da pandemia da Covid-19. Com a Leia Mais

Nota de repúdio ao desmantelamento das políticas ambientais no Brasil

Associações e Sociedades Científicas Brasileiras da área de Biodiversidade expressam em nota seu repúdio e solicitam providências dos órgãos responsáveis para impedir e coibir a atual política de desmantelamento ambiental.    A Associação Brasileira de Limnologia (ABLimno), Associação Brasileira de Ciência Ecológica e Conservação (ABECO), Sociedade Brasileira de Ornitologia (SBO), Sociedade Brasileira de Recursos Genéticos (SBRG), Sociedade Brasileira de Botânica (SBB), Leia Mais

Conservação da Biodiversidade: qualidade de vida para a sociedade

Para celebrar o Dia Internacional da Biodiversidade,  a pesquisadora em Oceanografia Margareth Copertino (FURG), integrante da Coalizão Ciência e Sociedade, ressalta neste artigo a importância da biodiversidade marinha no fornecimento de alimento, proteção, diversão e cura  para a humanidade, entre outros serviços ecossistêmicos, e destaca também o papel central da Ciência para a sua proteção e Leia Mais

A ameaça socioambiental da MP 910/2019 na Amazônia

A Coalizão Ciência e Sociedade, formada por 74 cientistas atuantes no Brasil, se manifesta contra a MP 910 e recomenda que o Congresso Nacional rejeite a MP 910. Conhecida como ‘MP da Grilagem’, a medida torna oficial ocupações ilegais em reservas indígenas e áreas de proteção ambiental. Ima Vieira (Museu Paraense Emílio Goeldi) Maria Teresa Piedade Leia Mais

‘Parem de destruir a natureza ou teremos pandemias piores’, alerta grupo de cientistas

Um grupo formado pelos maiores especialistas em biodiversidade do mundo, entre eles o antropólogo Eduardo Brondizio, integrante da Coalizão Ciência e Sociedade, publicou artigo nesta segunda-feira, 27, afirmando que se a destruição da natureza não tiver um fim, é provável que doenças ainda mais mortais e destrutivas atinjam a humanidade no futuro, de forma mais rápida Leia Mais